Alvo de um acordo entre Brasil e Estados Unidos, a geração de energia por fontes renováveis explodiu no país nos últimos anos —devido, principalmente, aos investimentos na produção de etanol e em usinas eólicas.

Com a ajuda dos chineses, o governo federal garantiu receita de R$ 17 bilhões para reduzir o deficit de suas contas. O valor refere-se ao pagamento de outorga pela concessão de 29 hidrelétricas leiloadas nesta quarta, em São Paulo.