A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, iniciou ontem uma missão estratégica na Índia e na China, fundamental para o futuro do agronegócio brasileiro. Estamos falando dos dois países mais populosos do planeta (36% da população mundial) e que em 2030 ocuparão, respectivamente, a terceira e a primeira posição no PIB mundial, com imenso potencial de crescimento no consumo de alimentos.

A energia eólica está revolucionando o Nordeste brasileiro. Em 12 de outubro, a geração eólica nordestina atingiu a marca histórica de 3.689 megawatts (MW) de potência, [...] por volta de 46% de toda a demanda regional. 

Parceria entre os dois países pode melhorar eficiência da produção brasileira e mudar matriz energética chinesa, altamente dependente de carvão e petróleo