O ciclo de alta das matérias-primas possibilitou a quebra de fronteiras no agronegócio em anos recentes. Com a renda em alta, produtores abriram áreas para a agricultura e a pecuária no Norte do país, hoje a região mais promissora para a expansão do setor.

O cenário para os preços se reverteu, mas o setor continua rompendo barreiras. Em vez de geográficas, o produtor busca agora quebrar fronteiras na rentabilidade.

Na integração entre lavoura, pecuária e floresta, ele descobriu uma forma de melhorar a qualidade das pastagens, aumentar a produtividade agrícola e diversificar a atividade, reduzindo o risco de altos e baixos nos preços das matérias-primas.

A busca por produtividade também influencia as decisões de pecuaristas que se arriscam no confinamento ou em fazendas que preferem manter o modelo tradicional de gestão, mas priorizam o investimento em tecnologia à expansão de área.

Na agroindústria, a agregação de valor começa a deixar a utopia em direção à realidade, enquanto o consumidor consolida novos hábitos : as vendas de orgânicos crescimento de dois dígitos no país.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS