Com o acordo assinado pelo presidente mundial do Grupo Sany, Liang Wengen, a empresa compromete-se a dar continuidade a seu investimento de US$ 100 milhões na construção de uma fábrica de máquinas e equipamentos para construção civil. Este empreendimento recebe apoio da Investe São Paulo desde 2009, tanto em questões de licenciamento ambiental, legislação tributária e apoio na localização de área para o projeto.

Atualmente, a empresa realiza montagem de produtos em regime CKD (Complete Knock Down – com todos os componentes importados) em galpão alugado em São José dos Campos. Desde sua inauguração, em 2011, essa fábrica cresceu, aumentando o estoque de peças e da área útil de 800 m² para 3.300 m². Somando-se aos valores que serão investidos em Jacareí, os recursos da Sany aplicados no Brasil chegarão a US$ 300 milhões.

Com a nova planta, alguns dos itens mais consumidos pelo mercado brasileiro terão sua produção nacionalizada, como guindastes, escavadeiras e equipamentos portuários. Uma das metas da empresa é fabricar no Brasil toda a linha de escavadeiras até 2016. Para isso, foi adquirido um terreno de 560 mil m², que deverá abrigar uma área construída de 50 mil m² na primeira fase do projeto e 250 mil m² até 2020.

“É um grande orgulho para nós acompanhar desde o início a evolução de um projeto tão importante para São Paulo. Competimos com outros estados e estamos trabalhando muito, mas sabemos que a infraestrutura logística do Estado e do Vale do Paraíba foram fundamentais para a confirmação do investimento em Jacareí”, disse o presidente da Investe SP, Luciano Almeida.

Para o prefeito de Jacareí, Hamilton Ribeiro Mota, a atração de importantes investimentos para o município como a instalação da Sany é resultado de várias ações que começaram em 2003 com a aprovação do Plano Diretor e, mais recentemente, com a modernização da Lei de Incentivos.

“Temos uma localização estratégica e facilidades logísticas, bem como investimentos em infraestrutura e na formação de mão de obra qualificada. Para Jacareí é muito importante atrair novas plantas e garantir mais qualidade de vida para a população, com a geração de novos empregos e melhoria nos serviços prestados aos jacareienses”, disse Mota.

A Sany pretende iniciar a produção da nova fábrica já em 2015 e deve chegar a 1.000 postos de trabalho quando a fábrica estiver em plena produção. A empresa também vai investir em pesquisa e desenvolvimento para criar um modelo de retroescavadeira específico para o mercado brasileiro, que ainda não faz parte de seu portfólio, e adaptar outros já existentes às demandas internas do País.

Além do Brasil, a intenção da Sany em fase mais avançada do projeto é atender também outros países da América Latina e alguns mercados da África.

Em 2010, o CEO chinês da empresa na época, Xiang Wembo e o então vice-governador Alberto Goldman já haviam assinado um memorando de entendimentos sinalizando a vinda da empresa para o Estado de São Paulo. Devido a retração da economia mundial a empresa optou por postergar o investimento para 2014.

Sobre a Sany Heavy Industry
Propriedade do grupo Sany, a Sany Heavy Industries foi fundada em 1994, com sede em Changsha, na China. Desde sua criação, a empresa tem crescido em uma taxa anual de 50%. A marca está envolvida em todos os aspectos da fábrica de máquinas de construção, com um portfólio de 25 categorias e mais de 120 tipos de produtos.

Todo ano a Sany destina 5% de sua receita de vendas para P&D. Seu objetivo é aprimorar os produtos com a convicção de que “qualidade muda o mundo”. Hoje a empresa tem centros de pesquisa que se tornaram os principais polos tecnológicos da China, obtendo mais de 500 patentes. Seus produtos são exportados para mais de 110 países.

Fonte: Investe São Paulo - publicado em 17/07/2014


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS