INFO conversou com Dan Stone, vice-presidente da Lenovo e gerente da companhia para a América Latina. Confira a entrevista a seguir.

INFO - Dada a aquisição da Motorola, a Lenovo vai continuar investindo em smartphones de baixo custo, como o Moto G?

Dan Stone - A Lenovo desenvolve por meio de sua marca própria smartphones para todos os segmentos de consumidores, inclusive para o mercado de entry-level. No Brasil, nós iremos inicialmente fabricar smartphones para o segmento premium, e os primeiros modelos devem chegar ao mercado em outubro. Em relação ao Moto G, nós não comentamos essa informação, uma vez que a transação da compra da Motorola ainda está sendo finalizada.

INFO - A CCE será levada para outros países da América Latina? Se sim, em qual segmento a marca vai apostar?

Stone - Começamos a exportar tablets de 7 polegadas e 10 polegadas (TR72 e TR92) da CCE para a Colômbia no início de 2014. E iremos expandir para outras linhas dentro dos próximos meses.

INFO - Cada vez mais a resolução de tela ganha mais importância para os consumidores, visto que a qualidade das imagens aumentou nos últimos anos. A Lenovo pretende investir em notebooks com resolução 4K?

Stone - Sim, a Lenovo é uma companhia dedicada a construir PCs de alta performance e dispositivos móveis, investindo sempre em inovação e em tecnologias de ponta, as mais avançadas do mercado. Nossa estratégia de negócios está focada em PC Plus – com PCs, TVs, smartphones e tablets integrados, sendo o PC o coração desse universo. Um exemplo do nosso DNA em inovação foi quando lançamos o primeiro Yoga com um design diferente de tudo que estava no mercado, e que transformou a maneira de encarar o uso do sistema operacional do Windows 8 e do seu notebook e tablet comum.

INFO - Como tem sido a aceitação do portfólio de servidores e workstations na América Latina? E no Brasil, especificamente?

Stone - A Lenovo entrou nesse mercado recentemente e a aceitação, desde então, tem sido muito positiva. As vendas estão indo muito bem e os clientes estão muito satisfeitos com a venda de soluções completas com produtos de alta qualidade.

INFO - Como a empresa vê o mercado brasileiro atualmente?

Stone - O Brasil é um dos mercados mais promissores de eletrônicos do mundo e apresenta uma ampla diversidade de perfis de consumidores que estão cada vez mais interessados nas mudanças tecnológicas. Por isso, o nosso objetivo é continuar a atender essa demanda de consumidores e a desenvolver produtos inovadores que correspondam às expectativas desse mercado.

Fonte: Examee - publicado em 18/05/2014


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS