A Xiaomi, gigante de eletrônicos asiática apelidada por muitos de "Apple chinesa", acaba de dar início às suas operações no Brasil. A empresa abriu um escritório na zona sul de São Paulo e já contratou alguns funcionários para dar andamento aos negócios.

Segundo documento assinado em cerimônia no Palácio do Planalto com presidentes da China e do Brasil, empresa vai investir US$ 300 milhões e gerar 1.000 empregos

Durante a cerimônia de assinatura de atos entre instituições chinesas e brasileiras, que foi realizada no Palácio do Planalto na presença dos presidentes Dilma Rousseff e Xi Jinping, nesta quinta-feira, 17 de julho, a Sany Heavy Industry e a Investe São Paulo assinaram um memorando de entendimentos relacionado à nova fábrica da Sany em Jacareí (SP).

Petrobras e outras seis empresas brasileiras estão entre as 500 maiores companhias do mundo, segundo ranking da Revista Fortune

O ranking das 500 maiores empresas do mundo, elaborado pela Revista Fortune, traz sete empresas brasileiras neste ano - a lista anterior contava com oito companhias ( o Grupo Pão de Açúcar foi a que ficou de fora).

Em entrevista, vice-presidente da Lenovo diz que os primeiros modelos de smartphones para o segmento prêmio da marca devem chegar ao mercado em outubro

A Lenovo é a fabricante que mais vende computadores em todo o mundo, de acordo com a consultoria IDC. No entanto, ela também está no mercado de smartphones topo de linha, com aparelhos como Vibe Z e o K900. A empresa entrou nesse mercado no Brasil ao comprar a CCE em 2013 e deve ganhar ainda mais força após a conclusão da compra da Motorola.

Unidade com incentivo do programa do governo federal TI Maior vai funcionar no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

A EMC inaugurou no Brasil o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Richard e Maureen E. Egan, com foco em Big Data. Unidade vai operar no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).