No momento em que a crise político-econômica é discutida exaustivamente no Brasil e de uma forma bastante pessimista, empresários de diferentes segmentos se reuniram em Belo Horizonte para discutir negócios para além do cenário atual.

O ciclo de alta das matérias-primas possibilitou a quebra de fronteiras no agronegócio em anos recentes. Com a renda em alta, produtores abriram áreas para a agricultura e a pecuária no Norte do país, hoje a região mais promissora para a expansão do setor.

Com apoio da APEX Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO) promoveu ontem (09) em Pequim (China), o seu primeiro encontro para a apresentar a entidade que representa os pequenos e médios frigoríficos brasileiros aos importadores chineses de carne bovina.