Larissa acredita que a entrada do Baidu no Brasil está em consonância com a tendência de aumento dos investimentos no país e com a política do governo chinês de estimular a exportação de serviços da China para o mundo - que até há pouco tempo atrás, o foco era a exportação de produtos. "Os usuários de internet brasileiros só têm a ganhar com o aumento da competitividade nessa área: nós teremos acesso a novas opções de produtos e serviços" explica.

Segundo Felipe Zmoginski, gerente de marketing do Baidu no Brasil, a verão em português está em fase beta. Por enquanto, a empresa direciona olhares para os internautas de PC, número que, de acordo com eles, deve saltar para 43 milhões até 2016.

Entre a série de produtos gratuitos oferecidos pela companhia, estão o PC Faster, software que otimiza o funcionamento da máquina ao detectar e excluir arquivos inutilizados, o navegador Spark Browser, que permite download de arquivos de mídia, e também um antivírus e o agregador de tráfego Hao123.

Quanto aos usuários de smartphones, o Baidu prevê que daqui três anos cerca de 168 milhões de brasileiros serão portadores do dispositivo. Disponíveis para celulares Android, a empresa oferece aplicativos como o Du Battery Saver, para economizar bateria, e o Trust Go, função que garante maior segurança para a realização de transações bancárias.

Yan Di, diretor-geral do Baidu no Brasil, acredita que a companhia pode ajudar a preencher a lacuna de investimentos e capital para melhorar o alcance da internet no Brasil. Hoje, o Google é predominante nos desktops brasileiros com 91% de share. No mobile, a empresa responde com 98% de participação.

Fonte: Portal Meio e Mensagem - publicado em 12/11/2013


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS