A convite do Presidente da CCPIT Chongqing, Sr. Chen Yu, a sócia-diretora da Vallya, Larissa Wachholz, viajou até Chongqing em 25 de setembro para palestrar para um grupo de empresas chinesas interessadas em aumentar o fluxo de comércio e investimentos entre China e Brasil. Empresas de Chongqing vêm liderando iniciativas de investimento no Brasil, em especial nos setores de peças automotivas, fibra de vidro e agricultura.

A oitava edição do China-LAC (América Latina e Caribe) Business Summit, organizado pelo Banco Inter-Americano de Desenvolvimento (BID) com o Conselho Chinês para Promoção do Comércio Internacional (CCPIT), o Banco Popular da China e o Governo da Província de Hunan, reuniu líderes políticos, acadêmicos, investidores e empreendedores dessas regiões para discutir como fomentar a cooperação comercial e atrair fluxos de investimento. Os participantes compareceram em painéis de discussão e rodadas de negócio voltados para os setores de interesse. A Vallya foi representada pelas sócias Larissa Wachholz e Luciane Baldo neste evento nos dias 12 e 13 de setembro em Changsha, China.

Foi lançado na noite de 25 de agosto, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre, o livro Economia Chinesa: Transformações, rumos e necessidade de rebalanceamento do modelo econômico da China, do economista brasileiro Roberto Dumas Damas. O evento foi o primeiro organizado pelo grupo Profissionais Brasil-China (PBC) na cidade e o segundo no Brasil. Até o lançamento do grupo no Brasil, em 2013, todos os eventos aconteciam na China, nas cidades de Pequim, Xangai e Hong Kong.

A partir de julho, a Vallya passou a integrar a lista de membros do Conselho Empresarial Brasil-China – CEBC, a mais respeitada entidade bilateral dedicada à promoção do diálogo e interlocução entre empresas e governos dos dois países. São membros do CEBC empresas, associações empresariais, agências governamentais e entidades educacionais brasileiras e chinesas cujo foco de atividade envolve as relações sino-brasileiras.